Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

25.12.12

Momentum: "Carpe diem" (822)


Não conhecemos a realidade. Temos a percepção da realidade que é uma interpretação do nosso cérebro, onde as características de luz, como as sombras e a cor, são atalhos convenientes que o nosso cérebro usa para identificar objectos e codificar o comportamento deles no mundo, se estão parados, se se movem, que tipo de movimento? Saltam? Andam? Rebolam? E servem também para calcular distâncias.

Etiquetas: