Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

8.3.13

Ipsis dixit: Marcador de livros (129)


“É desolador este estado de coisas. Ninguém pensa para onde vai, o que será o dia de amanhã. Para alguns ele deve ser ontem. Assim passam, entre dúvidas e tédios, os nossos tristes e cansados dias.” (p. 38)

Fernando Pessoa, "Crónica Decorativa II", Contos Completos, Antígona, Maio 2012

Etiquetas: