Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

16.2.14

Momentum: "Carpe diem" (1 008)


Não há nada pior num líder, ou em quem detém poder, do que a insegurança do mesmo, pois esse estado de alma culmina inevitavelmente no ancestral "o respeitinho é muito bonito". Só assim se explica que o árbitro Duarte Gomes tenha hoje mostrado mais cartões amarelos por protestos do que propriamente por faltas disciplinares. Tal como o porteiro de discoteca que na frustração da sua vidinha pessoal decide quem deve ou não entrar.

Etiquetas: