Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

18.3.14

Momentum: "Carpe diem" (1 028)


Jorge Jesus justificou o aceno com os três dedos a Tim Sherwood como reação a um reparo do treinador do Tottenham à respectiva área de intervenção durante a flash interview; como indicação do número da camisola do Luisão, que tinha bisado no encontro, durante a conferência de imprensa e ainda como defesa da honra do ex-treinador português do Tottenham, André Villas-Boas, de quem é amigo, na antevisão do jogo com o Nacional da Madeira. Agora é só escolher. É de ter pena é do adjunto Raúl José. Não deve ser fácil gerir tanta caldeirada.

Etiquetas: