Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

28.3.14

Momentum: "Carpe diem" (1 033)


Um dia medir-se-á a intencionalidade do erro. Seja dos árbitros de futebol quando os cometem grosseiramente, seja dos governantes quando sujeitos a fugas de informação. Pode o erro conduzir ao engano ou é o engano consequência do erro?

Etiquetas: