Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

7.4.14

Cinefilia: "Homens de Negócios" (2010)

[ 70 ] Uma perspectiva mais sociológica da crise de Setembro de 2008, do Lehman Brothers e dos activos tóxicos nos bancos de investimento norte-americanos, vista pelo prisma mais apertado, mas original, de três quadros superiores que se vêem despedidos como qualquer funcionário público português e as dificuldades para encontrarem trabalho e encetarem um caminho, consoante as diferentes fases da vida em que se encontram. Com as idiossincrasias da sociedade norte-americana, onde Bobby Walker ( Ben Affleck) por doze anos de trabalho recebe doze semanas de salário, mas já se aflora a condição de recursos. E o respectivo toque de moralidade (ou da falta dela) que compara um CEO de grandes estaleiros navais que não tem qualquer assomo de consciência em despedir milhares de trabalhadores para aumentar o valor das acções (e das suas opções), enquanto tem Degas presos na parede do escritório e prevê investir numa nova sede, por comparação com um modesto  empreiteiro da construção civil que perde dinheiro por empregar demasiados trabalhadores na obra. The Company Men / Homens de Negócios (2010), do realizador John Wells, conta com uma carismática interpretação de Tommy Lee Jones (Gene McClary).

Etiquetas: