Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

21.4.14

Cinefilia: "Lincoln" (2012)

[ 72 ] Durante Janeiro de 1865, Abraham Lincoln luta politicamente para conseguir a alteração constitucional que aprova a 13.ª Emenda, que dá seguimento à Proclamação da Emancipação de 1863, para abolir a escravatura, antes da Guerra de Secessão terminar e os Estados do Sul, depois de unidos aos do Norte, vetarem. Em paralelo com a negociação da paz com o Sul, Lincoln procura também negociar politicamente a abolição da escravatura, omitindo deliberadamente que está a negociar a paz para que isso não prejudique a aprovação da 13.ª Emenda que necessita de 2/3 da Câmara dos Representantes. Excelente interpretação de Daniel Day-Lewis, representando Abraham Lincoln, e também de Sally Field, como Mary Todd Lincoln (numa reinterpretação histórica muito mais favorável) , e Tommy Lee Jones, como o congressista Thaddeus Stevens. Lincoln (2012) do consagrado realizador Steven Spielberg, prova que a democracia não é perfeita quando "a medida mais importante do século XIX, [é] aprovada graças à corrupção, com a colaboração e cumplicidade do homem mais puro da América." A partir daí foi sempre a descer.

Etiquetas: