Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

7.4.14

Momentum: "Carpe diem" (1 040)


Se a conspiração do dólar contra o euro, motivava as diabólicas agências de notação financeira norte-americanas (Moody's e S&P) a agravar as yields da dívida pública dos Estados europeus periféricos com o downgrade dos ratings para lixo, porque é que essas mesmas yields estão agora a cair abruptamente quando os ratings permanecem em lixo?

Etiquetas: