Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

28.8.14

Ipsis dixit: Marcador de livros (164)


(...) "As estatísticas mostravam-se tão fantasiosas na versão original como na versão rectificada. A maior parte das vezes, o que se esperava de um funcionário como Winston residia pura e simplesmente em que as inventasse. Por exemplo, o Ministério da Riqueza estimara em cento e quarenta e cinco milhões de pares a produção de botas para o trimestre. A produção real estava avaliada em sessenta e dois milhões. Winston, no entanto, ao reescrever a previsão, reduziu este número para cinquenta e sete milhões, de forma a dar substância à habitual afirmação de que as quotas tinham sido ultrapassadas. Fosse como fosse, os sessenta e dois milhões não se aproximavam mais de verdade do que os cinquenta e sete ou do que os cento e quarenta e cinco. Muito provavelmente nem se tinham produzido botas nenhumas. (...) (pp. 44-45)

George Orwell, 1984 (1949)

Etiquetas: