Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

2.8.14

Momentum: "Carpe diem" (1 095)


Jorge Jesus reconhecido como competente a valorizar jogadores (Fábio Coentrão, Matic e Enzo Pérez), também desperdiçou vinte jogadores (ainda podem ser mais) que foram adquiridos pelo Benfica (não eram das escolas) e nunca se afirmaram: Éder Luis, Franco Jara, Airton e Fábio Faria (2010); Capdevilla, Emerson, Lionel Carole, Daniel Wass, José Luis Fernández, Lorenzo Melgarejo, Rodrigo Mora, Kardec e Nuno Coelho (2011); Luisinho, Michel, Hugo Vieira, Djaniny (2012); Bruno Cortez (emp.), Mitrovic, Lisandro López (?), Steven Vitória (?) e Luis Fariña (2013). Djavan (2014). É preciso desperdiçar tantos "tiros" para acertar no alvo?

Etiquetas: