Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

29.10.14

Bibliofilia: "O Horizonte" (2010)


[ 104 ] Patrick Modiano, O Horizonte (2010), Porto Editora, Outubro 2014 (pp. 112). O Prémio Nobel da Literatura 2014 foi reconhecido, entre outras coisas, pela sua escrita sobre os temas da memória. Neste caso, um homem atormentado pela recordação tenebrosa duma severa mãe, Jean Bosmans, vai procurar o paradeiro da mulher com quem teve uma relação quarenta anos antes, Margaret Le Coz, e de quem perdeu o rasto de forma misteriosa. Demasiada memória com pouco para contar. O livro não é demasiado denso e lê-se bem, mas também não é suficiente marcante e o desenrolar da história não é suficientemente aderente para também ela própria permitir deixar rasto. Isto é, é sobre a memória, mas não fica nela.

Etiquetas: