Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

4.1.15

Ipsis dixit: Marcador de livros (178)


"O dinheiro, para os analfabetos, é a prova decisiva em toda a ordem das coisas: amizade, bondade, cultura, poder ou amor." (p. 131)

Elias Canetti, Auto-de-fé (1935)

Etiquetas: