Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

28.3.15

Momentum: "Carpe diem" (1 186)


Se a única forma de indemnizar os lesados do Papel Comercial do GES é provando a iliteracia financeira destes que os tornou vulneráveis à má venda, como interpretar ou qualificar o investimento de noventa por cento da tesouraria da Portugal Telecom na mesma aplicação?

Etiquetas: