Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

3.5.15

Bibliofilia: "The ABC Murders" (1936)

110 ] Agatha Christie, The ABC Murders (1936), Harper, 2013 (pp. 267). Hercule Poirot é ostensivamente desafiado por aquilo que parece ser um serial-killer. Mas tal como Jack, O Estripador, pode haver crimes cometidos que, naquele contexto, são injustamente atribuídos ao assassino em série por questões de aproveitamento. A particularidade deste assassino é cometer os crimes por ordem alfabética e não por uma questão de género ou contra uma determinada classe profissional (polícias, advogados etc.) onde pudesse existir um motivo de vingança pessoal. Por outro lado, há a questão de se fazer anunciar cada vez que comete um crime através do aviso por carta que faz junto de Poirot. Cada vez que comete um crime por ordem alfabética, com a inicial do nome pessoal da vítima a coincidir com a inicial do nome da localidade onde é cometido, abandona no local do crime, como marca pessoal, um ABC railway guide. Mas por detrás desta aparência doentia está de facto um assassino muito mais racional que se serve de um doente mental. Narrado, como habitualmente, pelo fiel capitão Hastings com apontamentos pessoais do manipulado que, nesse caso, também é vítima.

Etiquetas: , ,