Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

8.5.15

Momentum: "Carpe diem" (1 205)


A pestilenta política, como é qualificada agora, tem coisas absolutamente fabulosas: o fantástico resultado eleitoral de ontem dos independentistas escoceses (ou mais correcto, do Partido Nacionalista Escocês - Scottish National Party), derrotados no referendo de 18 de Setembro, vai permitir derrotar os xenófobos britânicos num futuro referendo para abandonar a União Europeia se se aliarem aos europeístas trabalhistas. Os escoceses querem ver-se livre dos ingleses, mas querem continuar na Europa. Outro resultado extraordinário é o Partido Conservador precisar de apenas um pouco menos de 35 mil votos para eleger um deputado e o UKIP precisar de quase quatro milhões para conseguir eleger um mesmo deputado. O que diz muito sobre um sistema eleitoral que privilegia as maiorias e a governabilidade, mas que não pode ser considerado como representante do voto.

Etiquetas: