Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

15.5.15

Momentum: "Carpe diem" (1 207)


É sempre embaraçoso ver alguém com a experiência política do Jorge Coelho deixar-se apanhar pelo Pacheco Pereira ao ceder-lhe o último minuto no programa Quadratura do Círculo para comentar o resultado das eleições britânicas e este aproveitar esse minuto cedido para malhar nos partidos socialistas que são responsáveis com o fracasso do seu discurso na ascensão e vitória dos conservadores. Jorge Coelho confiou demasiado na sintonia do discurso anti-austeridade que tem unido a esquerda a certos sectores da direita. E mais uma vez aproveitou a direita, através da ironia de Lobo Xavier, a dissonância à esquerda.

Etiquetas: