Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

22.8.15

Bibliofilia: "Middlemarch" (1871-1872)

[114] George Eliot (Mary Anne Evans), Middlemarch - Um Estudo da Vida de Província  ( 1871-1872), Relógio D'Água, Novembro 2011 (pp. 809). Excelente livro, excelente leitura de férias de Verão. Magistralmente escrito, com personagens duma densidade absolutamente extraordinária. Orwell é creditado como tendo o melhor livro no que diz respeito à literatura inglesa, mas esta obra não lhe fica nada atrás. Talvez lhe falte apenas o simbolismo da distopia. Há quem veja na personagem de Dorothea  Brook a principal, outros vêem-na em comum com o Dr. Lydgate, médico de província, apaixonado pelo desenvolvimento da ciência numa época vitoriana cheia de tradições conservadoras, casado com a fútil e mesquinha Rosamund Vince. Mas é impossível não admirar o carácter íntegro, a seriedade e a humildade trabalhadora de Mr. Garth. Que de forma engenhosa, subtil, vai conseguir juntar a sua filha Mary Garth com o estouvado e irresponsável Fred Vince, mesmo depois deste lhe ter esbanjado, em jogo e aposta no negócio de cavalos, todas as economias do seu trabalho. Há quem diga que a escolha do título tem a ver com o facto de apanhar estas personagens "a meio do caminho" das suas vidas, e assim parece. Vale todos os Festivais de Verão.

Etiquetas: