Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

5.8.15

Momentum: "Carpe diem" (1 232)


Ora é Agosto e tornou-se moda gabar a sorte daqueles que ficaram em Lisboa a trabalhar. Esta louvaminha está flagrantemente atrasada no tempo. No tempo em que não havia Tuk-tuk Tours, nem Segways, nem hostels. Nem o cluster do Michael Porter contribuía tanto para reduzir o défice da balança comercial. É ir ao Chiado, ao Terreiro do Paço e a Belém. As receitas do IVA vão superar a prova e os reembolsos poderão ser normalizados.

Etiquetas: