Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

27.9.15

Momentum: "Carpe diem" (1 245)


Entre as tarefas mais desafiantes, como agora se diz, deste século XXI está o contacto com as grandes empresas utilities. É preciso uma cautela extrema quando se pretende um serviço de rotina, ou um pós-serviço, para não tropeçar na compra de mais um produto ou serviço que não se procura, nem se precisa. Claro, é do conhecimento público, que esta agressividade comercial só se encontra nos bancos. Mais ao concreto, é muito difícil colocar uma questão num simples e-mail dirigido a esse entreposto comercial que dá pelo nome de MEO, porque simplesmente tal endereço não existe, ou não está, ao contrário das promoções, suficientemente visível para tropeçarmos nele. No entanto, há um moderno fórum para quem queira aprofundar a vida social e o Twitter, Facebook, Instagram, Whatsapp e Snapchat não seja suficiente. Conclusão, como encontrar informação sobre a antiquada mailbox do portal Sapo no labirinto de Minotauro que é a área de cliente da moderna e kafkiana MEO?

Etiquetas: