Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

1.11.15

Cinefilia: "O Estagiário" (2015)

[ 77 ] Trinta dias depois da estreia com uma sala de cinema com quatro pessoas, pode-se dizer que o Estagiário / The Intern (2015), realizado por Nancy Meyers, é uma boa comédia de costumes laborais numa época digital, onde tudo é rápido, supérfluo e moderno. Num tempo onde não há oportunidade para pensar, porque o importante é agir. Quando o importante é ser jovem, cool e empreendedor e isto se torna no mainstream, a presença e o discernimento de alguém mais experiente é sempre refrescante interrompendo os sons característicos do dia-a-dia representado, por exemplo, no constante toque dos iPhones ou na chegad dos e-mails. Robert De Niro tem uma actuação de acordo com o habitual. Redutor tornou-se a cena para recuperar um e-mail ofensivo roubando o respectivo portátil, não tendo acrescentado especial valor. Hilariante a imagem de perguntar a um candidato de setenta anos o cliché de 'onde se vê daqui a dez anos." Talvez a melhor piada do filme.

Etiquetas: