Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

19.8.16

Momentum: "Carpe diem" (1 271)


A cada quatro anos a história repete-se. As expectativas criadas pelas medalhas conquistadas nos campeonatos da Europa e do Mundo pelos atletas são mitigadas com diplomas e pontuações recorde. Os atletas queixam-se da ausência de apoios e os portugueses — tão lestos a criticar prestações e resultados menos bons dos bem sucedidos Cristiano Ronaldo e José Mourinho — insurgem-se contra as críticas às vítimas desportivas deste país pequeno. No fim, há quatro anos para planear e preparar os próximos Jogos Olímpicos. Impossível é esquecer a medalha de Ag de Francis Obikwelu, no hectómetro, no meio dos norte-americanos Justin Gatlin (Au) e Maurice Green, em Atenas 2004. Foram 9"86 de superlativa glória.

Etiquetas: