Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

5.10.16

Bibliofilia: "Contos de Tchékhov - Volume V"

[ 124 ] Anton Tchékhov, Contos de Tchékhov - Volume V, Relógio D'Água, Maio 2006 (pp. 292). Cinco contos, "O Pai de Família", "Na Noite Santa", "A Minha Mulher", "A Estepe - História de Uma Viagem" e, por fim, "A Minha Vida - História Contada por Um Provinciano". Os melhores contos são o terceiro e o último. Ambos envolvem uma relação, no "A Minha Mulher" um casal reconcilia-se colocando a fortuna pessoal ao serviço dos pobres mujiques. E em "A Minha Vida", um aristocrata, filho de um arquitecto, procura consolo numa actividade mais muscular, física, como trolha, em vez de prosseguir as mordomias do serviço público. Despertando a paixão de uma mulher que no início acha tudo extravagante e até exótico, mas, no final, acaba-o por abandonar. Vencendo as convenções sociais da altura que o tornam deserdado pelo pai, abandonado pela mulher, e obrigado a acompanhar a sua frágil e malograda irmã grávida de um emérito homem casado.

Etiquetas: