Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XI

27.1.17

Cinefilia: "Grandes Esperanças" (2012)


[ 81 ] Adaptação da obra de Charles Dickens por Mike Newell, realizador que já tinha adaptado também Amor Em Tempos de Cólera (2007) do prémio Nobel da Literatura de 1982, Gabriel García Márquez. Conhecido também pela reprodução histórica de O Homem da Máscara de Ferro (1977), de Alexandre Dumas (1802 - 1870), e o conhecido Donnie Brasco (1997). À Dickens, as vastas e vincadas personagens vão confluir para um ponto em comum na história. Pip (interpretado por Jeremy Irvine, mas para quem tiver distraído pode vislumbrar o Mikael Carreira) é um rapaz pobre de província a quem lhe é destinado um futuro promissor como cavalheiro em Londres depois de ter ajudado um convicto. Daí Great Expectations/Grandes Esperanças (2012). Obviamente que a personagens mais marcantes para a caderneta de Dickens, pelos soundbites, são o tio Pumblechook, com aquele característico mantra das contas, e Wemmick com o valor que dá aos "bens portáteis" ("portable property").

Etiquetas: