Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XII

19.10.17

Bibliofilia: "A Hora da Estrela" (1977)


[ 132 ] Clarice Lispector, A Hora da Estrela (1977), Relógio D'Água Editores, Janeiro 2002, (pp. 93). A narração é do escritor Rodrigo S. M. que descreve a vida da jovem (19 anos) e nordestina Macabéa, dactilógrafa na firma do representante de roldanas, Raimundo Silveira. Pobre e feia descobre a dignidade no seu trabalho no Rio de Janeiro e encontra a fugaz felicidade em Olímpico de Jesus, do sertão do Paraíba, antes deste a trair com a sua colega Glória. Macabéa é tão infeliz que nem sabe o que é a infelicidade. Mas é quando consulta a cartomante Madame Carlota que descobre o seu destino. Forte, intenso, despudorado e perturbador, pode a longa introspecção do narrador Rodrigo S. M., cheio de dúvidas sobre o processo de escrita, ser um reflexo ou uma extensão da própria autora?

Etiquetas: