Quem Ousa, Vence!

"Como se se pudesse matar o tempo sem lesar a eternidade" Henry Thoreau (1817 - 1862) Ano XII

21.10.17

Bibliofilia: "Oficiais e Cavalheiros" (1955)


[ 133 ] Evelyn Waugh, Oficiais e Cavalheiros (1955), Relógio D'Água Editores, Julho 2012 (pp. 150). O aristocrático Guy Croutchback, oficial britânico, dos fictícios Alabardeiros, personagem principal desta história da Segunda Guerra Mundial passada entre Creta e o Egipto, não deixa grande marca. A narrativa é confusa, e torna-se até errática, não deixando de ter o seu apontamento irónico no desembarque frustrado. Talvez tudo se possa justificar por ser um segundo livro duma trilogia onde em Portugal — vá-se lá perceber porquê — só foi publicado ainda este. Há uma sensação de se ter comido bem mas, ao mesmo tempo, ainda persiste a fome. Para gerar a empatia com tantas personagens, talvez fosse suficiente conhecer o seu background. Mas assim, com o comboio em andamento, perde-se muito da trama. Se é que há trama e não apenas crónicas de guerra.

Etiquetas: